Plano Diretor prevê 100 intervenções no trânsito de Feira

sexta-feira, 30 de outubro de 2009 0 comentários
Pelo menos 100 obras de pequeno, médio e grande porte deverão ser executadas até 2012, visando melhorar a fluidez e a segurança do trânsito em Feira de Santana. As medidas fazem parte do Plano Diretor de Circulação, Sistema Viário e Tráfego em execução pelo Governo Municipal. Elas tiveram seus principais pontos apresentados, na manhã desta sexta-feira (23), pelo engenheiro de tráfego André Fialho, durante coletiva na Sala de Imprensa Arnold Silva, no Centro de Atendimento ao Feirense (Ceaf).

O plano, apresentado pelo engenheiro André Fialho e pelo secretário de Transportes e Trânsito, Flailton Frankles, contempla ações que minimizarão ou eliminarão problemas de tráfego agravados pelo crescimento da frota - de 143 mil veículos. Apresenta o detalhamento das medidas e obras que envolvem pavimentação, sinalização, circulação, transporte, segurança, iluminação e outras intervenções para fazer frente aos problemas.




O Sistema Viário Principal terá 26 vias passando por mudanças na primeira etapa, 13 vias na segunda etapa, totalizando intervenções em 39 vias, que resultarão em 21,46 km de pavimentação com implantação de semáforos e sinalização. Já o Sistema Viário Secundário terá 36 vias passando por mudanças na primeira etapa, 46 vias na segunda etapa, totalizando 82 vias.

Com etapas de investimentos de pequeno, médio e alto custos, o Plano Diretor prevê alterações no sistema viário de circulação, com implantação de mão única em algumas vias centrais; implantação de moderna sinalização viária horizontal, vertical de regulamentação, advertência, educativa e semafórica, implantação da Central de Controle de Semáforos na área central e implantação de Central de Controle de Operações.





Também são definidas propostas para o transporte coletivo, com a implantação da segunda etapa do Sistema Integrado de Transporte (SIT) no bairro Pampalona e no final da avenida Getúlio Vargas e combate ao transporte clandestino, dentre outras ações.

A segurança dos pedestres também tem ações específicas, com expansão das áreas de pedestres, programa de arborização e sombreamento e relocação de ambulantes para pontos específicos. Ainda a instalação de passarelas e a implantação de lombadas eletrônicas nas avenidas.


Outra intervenção importante se refere ao tráfego de carroças. Será realizada regulamentação do serviço de transporte à tração animal, com relação a regras de circulação, respeito às leis de trânsito e à sinalização, estabelecendo proibição de circular na área central, no prazo máximo de dois anos.

As intervenções ainda contemplam a cidade co
m a implantação de Zona Azul, visando criar rotatividade de veículos, adequando a oferta de vagas, de forma a democratizar sua utilização por parte da população. Prevê a criação de 3.501 vagas, podendo chegar até o limite de 4.000 vagas, além da criação de 1.994 vagas de automóveis, 758 vagas de motocicletas, 387 vagas de carga e descarga, 164 vagas de táxi, 118 vagas de moto táxi, 33 vagas de especiais, 5 vagas oficiais, nove pontos de ônibus e mais 33 vagas para vans.


Fonte: Tribuna Feirense


0 comentários:

 

©Copyright 2011 Porque Tudo Muda... | TNB