Mudar?!

terça-feira, 17 de maio de 2011 0 comentários

E naquele dia, daquele jeito sem perceber nem esperar, aquele momento tornar-se-ia único por muito tempo.

Não porque viria outro no seu lugar, mas porque outros únicos momentos daquele jeito, sem perceber nem esperar, viriam em outros dias como que em continuação daquele dia.

Não que ali tivesse sido o início, porém um marco na continuidade de algo que já parecia tão permanente, isto porque acontecia com tanta fluidez.

Quão logo causaria uma ruptura e uma mudança...

Mudar?!



0 comentários:

 

©Copyright 2011 Porque Tudo Muda... | TNB