O que vai comigo...

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012 1 comentários
Lá vou eu! Lá-vou-eu... Não, não é início de samba-enredo de escola de samba, é que estou a me ir mesmo. Estive onde não imaginava, passei por caminhos estreitos, transpirei atrás de soluções, ri das surpresas, suspirei diante os obstáculos e aqui cheguei. Porém não cheguei só, chego aqui com pessoas que me fazem cotidianamente... 

Nestes dias que a ida se aproximava percebi mais de perto que estou a levar comigo todos aqueles que me constituem de alguma maneira. Nestes dias que a ida se aproximava percebi que já tenho muito mais que uma mão de amigos. Uns tristes, outros apreensivos, alguns receosos, e diversos contentes com a ida.

Que bom é ter amigos. Os levo e os trarei em meu ser. Com algumas horas de universidade, tudo o que eu sei é sobre o que se vai, o que se chega e que Tudo Muda. E de mudança estou mais uma vez, e mais uma vez eles [meus amigos] aceitam ir nessa mudança-viagem comigo. Não e de forma alguma são meros expectadores de minha vida, são meus cúmplices ativos. Cúmplices dos meus devaneios, da minha inquietude, das minhas chatices, do meu eu. Atravessarei o oceano com o desejo de conhecer, mas eu conheci e muito neste último mês que transcorreu.

Conhecer é bom, mas o melhor é se emocionar cada momento Emoção dá luz a razão de ser Eu quero ser um eterno ser em mutabilidade E é nas mudanças que vemos quem somos e o quanto não conhecemos nada!
 Vou ali e volto já... vou buscar maracujá!
 

©Copyright 2011 Porque Tudo Muda... | TNB