História e Cinema: A Missão (1986)

segunda-feira, 6 de julho de 2009 2 comentários
Título Do Filme: A Missão (The Mission, ING 1986)
Direção: Roland Joffé
Elenco: Robert de Niro, Jeremy Irons, Lian Neeson, 121 min., Flashstar

O filme se passa mais ou menos no século XVIII, na América do Sul e mostra um mercenário mercador de escravos indígenas que arrependido de suas ações, realiza uma auto-penitência e acaba se convertendo como missionário jesuíta em Sete Povos das Missões, região da América do Sul reivindicada por portugueses e espanhóis. O contexto histórico do filme é o período das missões jesuíticas ao longo dos séculos XVI e XVIII. Surgidas no século XIII, com as ordens mendicantes, esse trabalho de evangelização e catequese, desenvolveu-se principalmente nos séculos XV e XVI, no contexto da expansão marítima européia.

Apesar do objetivo de difusão da fé e conversão dos habitantes do Novo Mundo, as missões se tornaram instrumento do colonialismo, onde a Igreja apoiava politicamente os Estados e estes se responsabilizavam pelo envio e manutenção dos missionários, pela construção de igrejas, além da proteção aos cristãos.

Através do filme, pode-se perceber que os missionários possuíam um olhar diferente para com os indígenas, os respeitavam, os compreendiam e até absorviam determinados elementos desta cultura, mesmo que a primeira vista os costumes alheios parecessem estranhos. Este longa também, põe em cheque a postura do alto clero, que por questões temporais, apoiou o colonialismo através da escravidão em um processo onde os representantes das coroas portuguesa e espanhola jogavam a Igreja contra a parede.

Um filme é um reflexo do que se seguiu por muito tempo, não só na América recém-descoberta, bem como no continente africano e parte do continente asiático, o desrespeito a alteridade de culturas diferentes da centro-européia.

2 comentários:

 

©Copyright 2011 Porque Tudo Muda... | TNB